Hepatite B: conheça os sintomas e o diagnóstico

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Causada pelo vírus HBV, a Hepatite B é uma doença caracterizada pela inflamação do fígado, ela se apresenta em pessoas não vacinadas que tiveram contato sexual com pessoas infectadas. A infecção é causada por meio do uso de drogas ilícitas injetaveis, contatos com objetos cortantes contaminados ou por hemodiálises e a enfermidade pode se desenvolver de forma aguda ou persistir por mais de 6 meses - nomeada de Hepatite Crônica B.

 

Na Hepatite Aguda, os sintomas geralmente duram poucas semanas e 95% dos casos em adultos se resolvem espontaneamente, sem deixar sequelas. Os pacientes podem sentir:

 

• Cansaço;
• Perda de apetite;
• Mal estar;
• Náusea;
• Icterina;
• Urina escura e fezes claras.

 

Já na Hepatite Crônica B, os sintomas não ocorrem no início da doença, porém ao longo de décadas o indivíduo pode ter complicações como:

 

• Cirrose;
• Aumento da barriga;
• Emagrecimento;
• Icterícia;
• Inchaço nas pernas.

 

Para esses casos, é recomendado o tratamento com drogas antivirais orais, desde que os exames de sangue evidenciem que a infecção está causando inflamação ou fibrose - um endurecimento do fígado. Os pacientes devem realizar exames de sangue e imagem para rastreamento de câncer primário de fígado, associado ao acompanhamento periódico de um médico hepatologista.

 

O diagnóstico dessa doença é realizado por meio de exames de sangue, feito por punção venosa ou pela punção no dedo. Os testes apontam se a pessoa está com infecção crônica, se já teve Hepatite B e está curada ou se nunca entrou em contato com o vírus.

 

A prevenção mais eficaz contra a Hepatite B é a vacina - disponível nos postos de saúde - ela gera proteção para o resto da vida na maioria das pessoas. Previna-se, vacinas salvam vidas!

 


×